85


Tila: Se você quer ajudar, então devíamos ir por todo o caminho até
Dário: Eu queria ajudar, mas onde eles estavam indo eu não poderia ir.
T.: De volta ao túnel escuro os mineiros não iriam por um tempo.
D.: Você pode me ajudar?
T.: Não posso ir aonde você vai.
D.: Leve uma vida que apenas pessoas corajosas levariam.
T.: Tudo falta.
D.: Não. Você só não encontrou alguma boa companhia no caminho.
T.: Talvez você esteja certo.
D.: Eu suponho que esteja.
T.: Todos os outros vieram para esperar também.
D.: Quem são os outros?
T.: Apenas pessoas.
D.: Pessoas esperam pelo impossível.
T.: Às vezes o impossível é possível.
D.: Onde você acha que posso encontrar quaisquer destas coisas impossíveis que podem se tornar verdade?
T.: Elas estão ligadas a um milagre.
D.: Que loucas as pessoas que vivem a vida ao máximo devem ser com toda essa falta de sentido disponível.
T.: Tudo fará sentido algum dia.
D.: Está esperançosa assim?
T.: Tendo a acreditar que poderia ser mais esperançosa.
D.: Isso é esperançoso o suficiente para mim, bastante suficiente considerando que hoje não estou inclinado a acreditar.
T.: Acreditar em quê? Por favor, especifique.
D.: Acreditar em mim mesmo.
                Este é o fim e o começo.
D.: Você por favor esqueceria quem eu era?
T.: Quem você era quando, onde e por quê?
D.: Há poucos minutos eu
T.: Há poucos minutos eu não era eu mesma também.
D.: Agora tudo faz sentido.
T.: Vê? Achei que fosse possível.


Tila: If you want to help, then we should go all the way to
Dário: I wanted to help, but where they were going I could not go.
T.: Back to the dark tunnel the miners would not go for a while.
D.: Can you hep me?
T.: I can’t go where you are going to.
D.: Lead a life only bold people would.
T.: Everything is missing.
D.: It is not. You just haven’t found some good company on the way.
T.: Maybe you’re right.
D.: I suppose I am.
T.: All the others have come to wait, too.
D.: Who are the others?
T.: Just people.
D.: People wait for the impossible.
T.: Sometimes the impossible is possible.
D.: Where do you think that I can find any of those impossible things that can come true?
T.: They are bound to a miracle.
D.: How crazy people who live life to its fullest must be with all that lack of meaning available.
T.: Everything will make sense someday.
D.: Are you that hopeful?
T.: I tend to believe that I could be more hopeful.
D.: That is hopeful enough for me, way enough considering that today I am not inclined to believe.
T.: To believe in what? Please specify.
D.: To believe in myself.
                This is the end and the beginning.
D.: Would you please forget who I was?
T.: Who you were when, where and why?
D.: A couple of minutes ago I
T.: A couple of minutes ago I wasn’t myself either.
D.: Now everything makes sense.
T.: See? I thought this was possible.


~
https://www.leiameporfavor.com/2019/12/89.html
 ~

Comentários