105

ENGLISH

Tenho segredos o bastante. Segredos não acrescentam muito, porque eles são secretos. Cem frases atrás eu era um segredo. Agora sou apenas uma garota comum assistindo à TV e me perguntando como será a vida mil frases depois desse momento ordinário. Você já se perguntou quem vai estar lá?

A partida foi simples, a chegada foi difícil, seguir em frente é uma dívida que eu pago vivendo, compartilhando, lembrando e esquecendo. Compartilho isto com você. (...)

Erguer muros é manter um segredo seguro. Alguns segredos são compartilhados. Um segredo compartilhado é o que nós chamamos de “família”. Aliás, o sol me acordou esta manhã, como fez ontem. A casa parece segura.

Às vezes você tem que quebrar as regras de um segredo. Algumas pessoas chamarão isso de liberdade de escolha. Eu chamo de “despertar fantástico”. Quando eu te conto sobre a minha descoberta, eu falo de um segredo que venho mantendo por um tempo, por um longo tempo. E então eu espero que você seja minha família. Eu espero que você seja o meu segredo compartilhado. Mas então quando eu desperto, a novidade nisto, ela eu a porto com segurança. Às vezes parece frágil. Ser nascido. Estar vivo. Ter uma mente. Ser o segredo sagrado de alguém.

Aqui dentro mora o mundo. Se eu não concordo com ele, nado em mim contra a corrente.

Mas estamos vivos ainda aqui dentro.

 

A uma amiga que, como tantos outros, adoeceu. E contente que tenha despertado.

 

~

Comentários